Precisei ler a Bíblia, diz figurinista da minissérie José do Egito


A Record gastou cerca de R$1,2 milhão só com a produção do figurino dos personagens
No ar desde 30 de janeiro, a minissérie bíblica da Record, “José do Egito”, contou com o empenho da equipe de produção que precisou pesquisar e estudar sobre os costumes da época para poder retransmitir a história de forma real.
A figurinista Carolina Li, 42 anos, precisou ler a Bíblia para poder compreender os hábitos daquela época e assim criar os figurinos dos personagens. “Precisei ler para compreender também os hábitos e costumes da época”, confessou a personagem.
Ao lado de outros profissionais ela precisou criar esboços de como os personagens estariam vestidos para apresentar para a autora da minissérie. . “Em uma reunião, apresentei as pranchas (desenhos) para a autora Vivian de Oliveira e para o diretor e chegamos a um denominador comum”.
Além da Bíblia, Carolina também pegou inspiração nos seriados Spartacus, Roma e Game of Thrones. Foi preciso muito estudo para poder definir o que cada personagem estaria usando.
Com o resultado dessas pesquisas a equipe começou a criar as roupas, tudo foi feito pela produção. “Usei pele de jacaré, avestruz, peixe… Inclusive, a capa do faraó é toda feita em couro de pirarucu e escama de pescada”, relatou a figurinista.
A produção da Record gastou cerca de R$1,2 milhão só com o figurino dos personagens da minissérie que já entra em etapa final.
Fonte Gospel Prime 

0 comentários:

Postar um comentário