PSC decide manter Marco Feliciano na Comissão de Direitos Humanos


Já os deputados do PT e PSOL entrarão com um mandato de segurança no STF para anular a eleição.
A bancada do PSC (Partido Socialista Cristão) se reuniu nesta terça-feira (12) e decidiu manter o deputado federal Marco Feliciano como presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara.
A reunião foi marcada diante das manifestações realizadas em diversas cidades brasileiras e também pela internet pedindo a retirada do deputado, que também é pastor evangélico, do cargo alegando que ele é racista e homofóbico.
Feliciano participou desta reunião e na saída não falou com a imprensa, dizendo apenas que irá fazer um pronunciamento nesta quarta-feira (13) às 14h.
No mesmo dia aconteceu uma segunda reunião para decidir sobre este mesmo tema, mas dessa vez os associados eram deputados do PT e PSOL que querem que Feliciano deixe a CDHM. Os parlamentares decidiram entrar com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal para questionar o presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) sobre a legalidade da eleição realizada no dia 7 de março.
Os deputados que saíram da sessão acusam o PSC e outros partidos de negociarem posições para favorecer a eleição de Feliciano. Com informações UOL.
Fonte gospel prime

0 comentários:

Postar um comentário