Mulher sobrevive a atropelamento por ônibus desgovernado e afirma: “Deus me livrou”

Na noite da última segunda feira (05) um homem morreu atropelado por um ônibus na Zona Norte de
São Paulo depois que criminosos soltaram o freio do veículo, que estava parado no ponto final, atingindo várias pessoas que estavam na Rua Santa Cruz da Conceição, no Jardim Guarani.
Raimundo Teodoro do Nascimento foi atingido pelo veículo e morreu no local. O veículo feriu também outras duas pessoas e atingiu uma moto que estava estacionada, e só parou quando bateu em um poste de iluminação. No momento do incidente, Nascimento caminhava no local com sua companheira, a doméstica Lucinete Brito dos Santos, de 41 anos, que afirmou só ter se salvado por um livramento divino.
-Tudo aconteceu muito rápido. Só senti o vento atrás de mim. Deus me livrou – relatou a doméstica, segundo informações do G1.
De acordo com o boletim de ocorrência registrado no 72º Distrito Policial, na Vila Penteado, um grupo de homens armados atacou o ônibus que fazia o trajeto Jardim Paulistano – Praça do Correio. Usando pedras e paus, quando o motorista parava no ponto final, eles obrigaram o condutor, a cobradora e um passageiro a descerem.
A polícia relata ainda que os criminosos tentaram dar partida no ônibus, mas como não conseguiram desativar o sistema de freios, pediram para que o motorista voltasse para o veículo. Ele resistiu e o jovem conseguiu liberar o freio e o ônibus desceu desgovernado.
De acordo com o relato de sua companheira, Nascimento ficou preso entre o ônibus e o poste. Segundo Lucinete, o motorista do ônibus chegou a chamar o resgate, mas a vítima morreu no local.
- Nem tive coragem de chegar perto dele [depois do acidente] – contou.
Por Dan Martins, para o Gospel+

0 comentários:

Postar um comentário