Cristãos são presos por explicarem a Bíblia para homem

As famílias estão tentando contato com eles na prisão, já que em Laos quem oferece
alimentos não é o governo, mas os parentes

Quatro cristãos foram presos em Laos por serem surpreendidos pela polícia enquanto tentavam explicar a Bíblia para um homem. Dois deles eram cidadãos tailandeses.
O caso aconteceu na aldeia de Luang Namtha na segunda quinzena do mês de junho e só foi divulgado dias depois por agências internacionais. Os relatos afirmam que supostamente um ex-policial ficou chocado por ver esses homens citando a Bíblia e resolveu denunciar. Os presos estavam dentro de uma casa fazendo visitas e falando sobre o Livro Sagrado para o morador.
“Quando a polícia chegou eles procuraram e acharam entre os pertences desses cristãos discos de história da Bíblia e um livro de figuras em preto e branco. A medida da polícia foi tomar os passaportes de todos eles”, disse Prasertsee que é diretor da ONG HRWLRF que defende dos direitos humanos.
“De noite a polícia voltou para prendê-los e os transportaram para a prisão”, continuou Prasertsee. “Todos os pertences, inclusive dinheiro, fones e coisas pessoas foram confiscados”, denuncia.
As famílias estão preocupadas com os prisioneiros, dois dos tailandeses tiveram os nomes divulgados: Phanthakorn, de 40 anos, e Wiwardamrong, de 54. A preocupação se dá pelo fato de que em Laos os prisioneiros não recebem alimento, é a família deles quem fornecem comida.
“As famílias estão se esforçando para ter contato com os presos, mas as autoridades de Laos tem dificultado essa relação”, afirma o direto da HRWLRF.
Traduzido de Worthynews.com

0 comentários:

Postar um comentário