“O vocalista dos Raimundos morreu aos 27 anos”, afirma Rodolfo em entrevista a Rolling Stones

O pastor da Bola de Neve conta que foi transformado e que já não é o mesmo de quando liderava uma das maiores bandas e rock no Brasil


“O vocalista dos Raimundos morreu aos 27 anos”, afirma Rodolfo em entrevista a Rolling Stones Em entrevista à revista Rolling Stones o cantor evangélico Rodolfo Abrantes diz que foi transformado por Deus e que ele não é mais o mesmo rapaz que há dez anos atrás liderava uma das maiores bandas de rock nacional, os Raimundos.
Rodolfo deixou o grupo em 2001 depois de cinco meses de conversão e sempre diz que não deseja voltar. Hoje ele é pastor da Igreja Bola de Neve em Balneário Camboriú (SC), onde mora e sustenta sua família com as vendas de CDs, cachês das apresentações e contribuições voluntárias das igrejas onde toca.
A edição 61 (outubro de 2011) da revista fala sobre a mudança que o cantor sofreu depois que passou a frequentar a igreja e como vive diferente dos outros integrantes da banda que continua ativa, fazendo muitos shows pelo país.
Em um dos encontros com o repórter da Rolling Stones, Rodolfo estava participando de um evento para cerca de 200 pessoas na Bola de Neve de Araucária (PR) em um espaço coberto com lona colorida que não pode conter a chuva que acabou paralisando o show ao desligar os equipamentos. Não muito longe dali, na cidade de Curitiba os Raimundos tocavam para 45 mil pessoas em uma estrutura maior e mais moderna.
Sobre seu passado Rodolfo decreta: “O Rodolfo dos Raimundos morreu aos 27 anos”, lembrando no dia da morte da cantora Amy Winehouse que faleceu com 27 anos assim como outros ícones da música.
“Deus foi me transformando; ele transforma a gente de dentro para fora. Então, hoje sou diferente do que eu estava, mas não estou diferente do que eu era”, diz ele para a revista.

Confira a entrevista completa aqui

Fonte: Gospel Prime

0 comentários:

Postar um comentário