Cantora gospel morre durante apresentação em igreja no Paraná


CURITIBA - A cantora gospel Milayne Marcelino Nascimento, de 30 anos, morreu na cidade de Sarandi, no Paraná, na noite deste domingo, vítima de parada cardiorrespiratória durante apresentação em culto evangélico, segundo informações do portal RPC. Ela cantava uma das músicas de seu CD, quando caiu desmaiada no chão. Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu.
A cantora morava e frequentava os cultos da Igreja Assembleia de Deus do Jardim Alvorada. A cantora era bastante conhecida entre os fiéis de sua congregação e há vários anos viajava pelo país em apresentações evangélicas. Neste domingo, Milayne trabalhou como mesária nas eleições, e depois seguiu para Sarandi, onde havia sido convidada para cantar. Ela deixa um filho de 7 anos.
O velório de Milayne ocorreu na tarde de ontem. Centenas de pessoas emocionadas ocuparam completamente a Igreja Assembleia de Deus, no Jardim Alvorada, da qual Milayne era assídua frequentadora. "Ela era uma jovem muito amável, carismática, todos aqui na igreja gostavam muito dela", contou o pastor Osmir Coutinho.
Canções e declarações emocionadas marcaram a despedida. Uma das colegas de Igreja dizia ao microfone que "sua voz gravada continuará evangelizando e a manterá viva entre nós." Muito emocionado, o noivo Samuel teve de se retirar durante o velório.

A família de Milayne vivia em Maringá havia oito anos. O sepultamento foi às 16 horas de ontem, no Cemitério Municipal de Londrina, cidade onde a cantora nasceu. Com a voz embargada, o irmão da cantora, Edson Soares do Nascimento, 27, disse à reportagem que, para Milayne, "a vida era a música".
Desde muito pequena, "com dez ou 12 anos", começou a demonstrar interesse pelo canto e passou a construir a carreira dela, sempre relacionada à Igreja e à música gospel. Em 2008, Milayne lançou o primeiro CD e DVD, com o qual estava viajando em divulgação por diversos Estados do País, incluindo Bahia, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, e também nos países vizinhos Argentina e Paraguai.
"Ela evoluiu muito ao longo dos anos. Começou acompanhando playbacks e tinha uma carreira promissora", comentou Edson.
O irmão de Milayne demonstrava espanto ante a morte súbita dela, pois a cantora não tinha histórico de problemas de saúde. "Tudo o que os médicos disseram foi que houve um infarto fulminante." Para Edson, no entanto, a forte religiosidade da família ajuda a lidar com o sofrimento. "Tenho certeza de que ela está bem agora", destacou.

Veja vídeo com a cantora:

0 comentários:

Postar um comentário