Cristãos sudaneses pedem que o Acordo de Paz seja cumprido

As Igrejas no Sudão dirigiram um apelo a todas as autoridades do país e à comunidade internacional para que seja garantida a plena aplicação do Acordo de Paz que, desde Janeiro de 2005, determinou a autonomia do sul do país, fixando para 2011 o referendo sobre uma eventual secessão.

Em declaração conjunta, os líderes cristãos afirmam que desde a sua assinatura, em Nairobi o tratado foi aplicado somente parcialmente. O resultado é que a reconciliação ainda não foi alcançada e a legislação no norte permanece baseada na lei islâmica, a xariá. Também os recentes confrontos em diversas partes do sul podem ser atribuídos a este atraso na aplicação do Acordo.

0 comentários:

Postar um comentário