150 anos da Igreja Presbiteriana no Brasil

150 anos da Igreja Presbiteriana no Brasil
Lula participa de comemoração. Ato Solene reúne pastores e autoridades
Marcella Bastos
Clique aqui pra ver as fotos!
Um dia histórico, é assim que podemos definir a manhã desta quarta-feira, 12 de agosto. Dia em que o presidente Luis Inácio Lula da Silva veio ao Rio de Janeiro especialmente para participar da solenidade comemorativa dos 150 anos da Igreja Presbiteriana no Brasil. Ao lado do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, do prefeito da cidade do Rio, Eduardo Paes, do senador Marcelo Crivella, e do deputado federal Arolde de Oliveira, Lula reconheceu a importância da igreja para o país.
“A determinação e a fé de vocês e de todos os seus antecessores transformaram a igreja Presbiteriana em uma das igrejas mais importantes do Brasil. A semente lançada pelo missionário Simonton germinou em nossa terra. Por isso quero dar os parabéns à Igreja Presbiteriana pelos seus 150 anos”, disse o presidente durante seu discurso.
Quebrando o protocolo, o presidente resolveu falar de improviso e falou sobre a importância da igreja na formação do indivíduo. “Na minha opinião, todas as crianças deveriam ter a oportunidade de serem criadas freqüentando uma igreja. Mesmo que depois elas escolhessem não ficar, mas crianças que freqüentam igrejas se tornam cidadãos regidos pela moral e pela ética, porque possuem um encontro com Deus”, declarou Lula, que ainda afirmou que muitos poderiam chamá-lo de conservador, mas segundo ele, a degradação da família em nosso país tem sido alarmante.
Antes da fala do presidente, também discursaram o senador Marcelo Crivella, que ressaltou a importância da igreja Presbiteriana no contexto educacional do Brasil, através de suas escolas e universidades. O prefeito da cidade do Rio, Eduardo Paes, falou sobre a participação da igreja nas transformações da cidade, e destacou o fato da própria Catedral Presbiteriana (no Centro da cidade) ser uma jóia arquitetônica. E o governador Sérgio Cabral, reconheceu a força e a seriedade da igreja, ressaltando ainda, o caráter ilibado dos líderes da igreja.
Estiveram presentes na solenidade diversas autoridades políticas, além de toda a imprensa. Discursaram ainda o reverendo Roberto Brasileiro, o reverendo Ludgero Bonilho e o reverendo Guilhermino Cunha. A pedido do presidente, foi levantada uma oração em favor da saúde do vice-presidente José de Alencar, e da ministra da Casa Civil, Dilma Roussef. Ao final, o deputado federal Arolde de Oliveira falou sobre a importância desse momento: “Hoje é um dia histórico e muito especial, não apenas para os presbiterianos, mas para todos nós evangélicos. A presença do presidente, do governador e do prefeito do Rio de Janeiro, comprovam a importância da igreja no contexto social e político do nosso país. Por isso renovo meu agradecimento por esses 150 anos e peço a Deus por mais 150 anos da Igreja Presbiteriana no Brasil”.

0 comentários:

Postar um comentário